sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Grootslang – Lenda Sul-Africana

0 comments
Grootslang – Lenda Sul-Africana
     Um ser primordial, de dimensões gigantescas, tão velho quanto o próprio mundo, seu nome significa “grande cobra” em africâner e holandês, falo do temido Grootslang. De acordo com as lendas sul-africanas, os deuses, que estavam começando a criar as coisas, não sabiam controlar os seus poderes, e a primeira criatura que criaram foi Grootslang. Figura primitiva e titânica, descrita como uma enorme serpente com traços de elefante.
    Os deuses notaram rapidamente o seu erro ao conceber uma criatura de tamanha força e inteligência. Percebendo que o monstro poderia trazer problemas catastróficos essas divindades decidiram dividir a criatura em duas, e assim surgiram os elefantes e as cobras. Os elefantes herdaram seu poderio, e as cobras sua astúcia. Porém, um espécime de Grootslang conseguiu escapar e se escondeu em uma caverna escura e úmida, vivendo isoladamente.
      Dizem que a criatura se encontra em Richtersveld, África do Sul, onde vive até os dias de hoje, alimentando-se principalmente de elefantes, e cercado por gemas preciosas, despedaçando ou barganhando com aqueles que invadem sua morada em busca das preciosidades. Acredita-se também que em alguns momentos a criatura deixe sua caverna para percorrer os rios e lagos da região. De caráter mitológico, a lenda do Grootslang passou a ser objeto de estudo também da Criptozoologia. Uma aberração de aproximadamente quinze – ora trinta – metros de comprimento, assim contam os espantados exploradores, devido alguns possíveis avistamentos do monstro nos rios Orange e Vaal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário