sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Lusca – Lenda Caribenha

0 comments
Lusca  Lenda Caribenha

      As Bahamas abrigam um exuberante arquipélago e praias de águas cristalinas, quase sempre desertas, mas há muito tempo o mar do Caribe vive sob o terror dos ataques de um impiedoso monstro marinho, o implacável Lusca. Pescadores das Bahamas mal podem ouvir o nome do gigantesco ser, pois já ficam aterrorizados. A possibilidade da real existência do Lusca aumentou diante da descoberta de um extenso sistema de cavernas subaquáticas existentes nos buracos azuis, nas Bahamas. Criptozoólogos e moradores passaram a afirmar que a criatura vive nessas cavernas, esperando pelo próximo ataque a um desavisado mergulhador ou uma embarcação inteira.
        Diante dos abruptos ataques, e do medo dos nativos, essa armadilha mortífera ganhou diversas descrições, em algumas versões é apresentada como um polvo gigante, similar ao Kraken do folclore escandinavo. Retratado como um emaranhado de tentáculos assoladores de navios. Entretanto, sua definição mais icônica narra o monstro como um hibrido colossal, meio tubarão e meio polvo. Um caçador mortal, com a violenta e poderosa mandíbula de um tubarão, e a letal eficácia de agarrar suas vítimas através de seus tentáculos de polvo. Monstruosidade detentora de pegadiças ventosas, também teria a habilidade de mudar de cor, assim como o molusco.



       Moradores atribuem o desaparecimento de barcos, pescadores, e mergulhadores ao Lusca. Dizem que aqueles que se aproximam do seu covil são arrastados para dentro da caverna. Esse fato pode ocorrer até mesmo com aqueles em terra firme, pois a criatura –  que pode chegar aos sessenta metros – é capaz de alcançar facilmente suas presas, com seus longos tentáculos. Alguns dizem que o monstro já não existe mais, pois uma imensa carcaça de um misterioso animal marinho octópode teria sido encontrada mutilada em 1945. Outros creem que seja apenas uma nova espécie de polvo ainda não catalogada. No entanto, ataques ligados à monstruosidade ainda ocorrem, fazendo com que a lenda caribenha do Lusca continue apavorando gerações de pescadores e marinheiros das Bahamas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário